sábado, 15 de janeiro de 2011

Não é paixão


De tempos em tempos uma ferida se abre,  o que eu pensei que estivesse curado novamente arde e a casquinha da ferida cai. A dor que antes estava adormecida retorna e voltam a rolar lágrimas por entre meus olhos caindo pelo meu rosto. Todos dizem que não há alma gêmea, que não existe a outra metade; mas eu retruco esta idéia. Tanto com as crenças como nos sinais. Há amor e há paixões.. Paixões são violentas e avassaladoras, amor é calmo é terno; paixões são no plural e amor no mais perfeito singular. Paixões são passageiras, quando menos se espera fazem as malas e se vão em busca de outro destino, mas o amor não, ele permanece. Posso ter tido e ter ainda diversas paixões, mas eu tenho a plena convicção de que amor eu só terei um; e esse sim será eterno. Pode o tempo passar, o mundo todo mudar; mas quando nos encontrarmos sei que será tudo exatamente igual, da mesma forma e na mesma intensidade, e sabes o porque? Porque é amor e não paixão.

5 comentários:

Anônimo disse...

este texto..como diversos outros..é profundo, muitas formas de se explicar o amor. algumas veses raro, outras simples, rápidos, mas o real só se fica no coração mesmo qdo a pessoa nao percebe nossa reação a sua frente...para ela pode ser paixão, para nós amor...mas nao adianta amar quem nao te ama...resolve ter paixões e nao ilusões romanticas,...parabens - bonito texto

Ana Machado disse...

Tem selo pra vocês aqui ^^

http://singleteen.blogspot.com/p/selos.html

priscila disse...

muito lindo *-*

http://bygarotas.blogspot.com/

Dryka Sales disse...

ah, que lindo.

Jéssica disse...

Oii, com relação a quem escreve o blog, é só você ou mais pessoas te ajudam? E o blog é pessoal ou mais pessoas escreveram nele??

Muito fofo aqui ^^