quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Meu vício



Não sinto mais meu coração palpitar, mal sinto minha respiração, já ofegante parando.
Tua ausência me dilacera a alma.. cada dia um pouco mais. Já não rezo.
Não creio em mais nada. Não consigo mais, minhas crenças sumiram com o vento..
Voaram para longe de mim, assim como você o fez.
Nada restou, apenas as lágrimas que ainda costumam cair.
Nenhuma história foi tão bela como a nossa.. Ninguém conseguiu superar.
Somos os protagonistas perfeitos no tempo errado.  Lhe perdi.
Me escapou como água entre meus dedos e com o sol se evaporou.
Só sinto que preciso de ti, saber como estás, com quem andas e se de mim ainda lembras.
Preciso sentir teu perfume, tocar tua pele, lhe abraçar forte.
Dizer-te que aos meus olhos és o príncipe ideal,  és mais viciante que chocolate
Meu vício do bem, meu vício maior.. sempre será você.

1 comentários:

Gabi Rodrigues ~* disse...

Poxa flor, que texto lindo, apesar de triste. Amar sempre terá o lado amargo.

Bjos Cynd's ;**