segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Apenas o deixou livre..


Ela não disse..
escondeu verdades.. seus sentimentos.
Mas nem por isso deixou de amá-lo.
Ela não lhe disse..
Acabou demonstrando justo o oposto do que sentia.
Lhe deixou só, confuso e triste.
Mas  não, ela não o fez por maldade..
Ela sabia que se quisesse poderia ter o dito.
E ela também sabia que essa era a maior vontade de ambos.
Mas ela não o fez. Ela o ama
Ama incondicionalmente, faz questão de que ele saiba.
Mas ela não quer prender aquele que é livre.
Suas escolhas, desejos, prioridades.
Ela não quis ser egoísta.
Ela lembra detalhadamente do ultimo momento juntos.
Dos batimentos acelerados em seu coração.
Da vontade insaciável de estar em seus braços e beijá-lo.
Mas ela o deixou livre.. livre ele pode voar para onde bem entender.
E ela, de longe admira seu belo pássaro voar..

anim007.gif (9019 bytes)

Escolhi hoje essa imagem, porque gamei nela :x
O texto escrevi em homenagem ao dia de hoje e à uma pessoa em especial
Peço-lhes que comentem sobre esse textinho que escrevi, foi um dos textos mais rápidos.
Obrigada gente! Vou deixar uma música lindíssima! Dos palavras - Motel e Paty Cantú.
Beeijos!


Tal vez podamos saber que nos passó..
E no silencio lembrei que não quero te esqueçer,
Não posso te esqueçer assim..
Não quero te deixar ir

3 comentários:

Camila. disse...

Adorei o texto, ficou lindo!

Gabriela disse...

Mas temos que deixar as coisas que amamos livres mesmo... amor e posse não são a mesma coisa.

Franciele Valadão disse...

Que poema liindo! "Mas ela o deixou livre .. livre ele pode voar para onde bem entender." Ou quem sabe ele decida volta, não é mesmo ? Amei!